Notícias

9 sugestões de recursos tecnológicos para usar em sala de aula

Para entender melhor como recursos tecnológicos ajudam o professor, entrevistamos Alfero Mendes Neto, professor de Geografia da Escola Salesiana São José, em Campinas, SP. Confira!

Hoje, a escola se depara com um grande desafio: como educar os alunos da geração Z? Essa questão gera uma mudança de cultura e paradigma: o professor se depara com um novo papel de gestor de conhecimento e sua responsabilidade passa a ser dosar conteúdos e métodos de ensino. O objetivo final é prender a atenção do aluno que, de acordo com Alfero, não consegue mais se manter concentrado por muito tempo em uma aula expositiva.

Assim, a tecnologia surge como aliada da escola para ajudar nesse desafio. O primeiro passo é planejar todo o processo de implementação e, a partir disso, criar a cultura de que a tecnologia é o meio, e não o fim.

“A tecnologia me ajuda muito a economizar tempo. Quando eu preparo a aula, preciso realizar o processo inteiro: planejar, organizar o material e escolher a ferramenta que irei utilizar. Isso toma certo tempo mas, em contrapartida, esse material pode ser facilmente atualizado posteriormente. A tecnologia nos dá condições para estruturar aulas e reaproveitá-las depois, fazendo as devidas atualizações.”

Além de ajudar na economia de tempo, a tecnologia também auxilia nos registros do educador: “eu tenho condições de ter disponível o meu planejamento de aula, de fazer anotações mais rápidas em sala e de ter uma visão mais geral e até mesmo mais personalizada do aluno”

Já sobre fundamentar o trabalho do professor, “por meio de plataformas de gestão escolar, a família pode acompanhar o desenvolvimento do aluno, as notas, a produção diária, as faltas e as presenças. Além disso, em conselho de classe, fica fácil para o professor justificar o rendimento do aluno, pois o educador tem tanto uma visão geral da turma quanto uma visão personalizada do estudante. É possível perceber uma consistência no trabalho.”

Leia mais: Ebook: Pequeno glossário de inovação educacional

E as novas metodologias de ensino, suportadas por tecnologia, podem ser facilmente aplicadas com um bom planejamento: “a aula fica muito dinâmica quando eu faço uso de recursos digitais. Os alunos acabam se envolvendo mais. Mesmo assim, é essencial estabelecer de maneira bem criteriosa quais são os objetivos que quero atingir e quais aplicativos posso utilizar de acordo com esses objetivos.”

O professor fala sobre uma iniciativa da Rede Salesiana Brasil-Escolas: “desde o início de 2017, a RSB-Escolas lançou um projeto de formação para os professores chamado ‘Crescer em Rede’ que tem como objetivo consolidar o uso de recursos digitais em sala de aula. As escolas possuem acesso a várias guias que apresentam inúmeras ferramentas digitais e nós, professores, estamos estudando esses materiais por meio de oficinas e aplicando nas nossas aulas o conhecimento adquirido sobre os aplicativos. Esse projeto possibilita o domínio de novas habilidades e competências e estimula os professores a experimentarem recursos tecnológicos.”

 

Leia mais: O uso de metodologias ativas aliado à plataformas digitais transforma o ensino em Colégios Salesianos

9 recursos tecnológicos para começar a usar

Existem alguns recursos tecnológicos que podem ser utilizadas em classe para dinamizar a aula e facilitar a rotina. Confira algumas sugestões do professor Alfero!

  • Site próprio do professor, para deixar disponível para o aluno o conteúdo das aulas.
  • Geekie Lab, plataforma de ensino adaptativo que otimiza o tempo do professor e apoia o aluno no processo de aprendizagem.
  • Geekie Teste, ferramenta de avaliação externa que auxilia a tomada de decisões pedagógicas e na eficiência do ensino.
  • Kahoot, que permite dinamizar o fim da aula e realizar um jogo dentro da ideia de gamificação.
  • Google Forms, onde o professor pode criar uma tarefa baseada no formato de formulário e acompanhar o gráfico de produtividade dos alunos.
  • Socrative, solução que permite acompanhar a produtividade do aluno, tanto fazendo os exercícios quanto assinalando alternativas nas questões objetivas.
  • Prezi, ferramenta que possibilita a criação de apresentações mais dinâmicas.
  • GoConqr, plataforma que pode ser utilizada para estudar por mapas mentais ou flashcards (conjunto de cartas com temas).
  • Escola Digital, um banco de objetos de aprendizagem separados por mídias, disciplinas e etapas.

Uma vez que o mercado de trabalho exige do cidadão cada vez mais novas competências e habilidades, além de certo domínio de recursos tecnológicos, fazer uso desses recursos em sala de aula ajuda no compromisso da escola de formar e preparar o aluno para o século XXI. E, dessa forma, “o professor divide a responsabilidade do processo de aprendizagem com o aluno e sua família. Isso incentiva a autonomia do estudante e o prepara para a sociedade atual”. Mas essa utilização de recursos tecnológicos deve ser crítica, a fim de que o aluno “não seja apenas consumidor mas tenha condição de ser produtor também.”

Leia mais: A corresponsabilidade da escola e dos pais na educação digital da geração Z

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *