Notícias

Participe do Prêmio Weducation – Educadores Transformadores 2017!

O professor Fernando, ganhador de 2016 da categoria “Prêmio Geekie”, explica um pouco sobre como ter participado do Prêmio Weducation deu visibilidade para seu trabalho. Confira!

O grupo educacional Weducation promoverá, mais uma vez, o Prêmio Weducation – Educadores Transformadores. Os professores da rede poderão participar de diversas categorias, entre elas a “Prêmio Geekie”.

Inscreva-se! O regulamento completo está disponível aqui para consulta e as inscrições podem ser feitas no link gg.gg/transformadores até dia 30 de novembro.

Em 2016, junto com a organização do prêmio, lançamos essa categoria, onde os educadores que escolham participar devem fazer uso do Geekie Lab, plataforma de apoio ao professor, que oferece videoaulas, resumos e exercícios para complementar o conteúdo de sala de aula e traçar trilhas de aprendizagem personalizadas para cada aluno.

Alguns critérios serão considerados na avaliação dos projetos, tais como:

  • Uso da Tecnologia para Aprendizagem: O projeto reflete o uso da tecnologia para sala de aula.
  • Colaboração: O projeto promove a colaboração entre os alunos no processo de ensino-aprendizagem.
  • Criatividade: O projeto apresenta uma forma criativa para desenvolver competências e habilidades.
  • Transformações do aprendizado: O projeto demonstra transformação na forma de ensinar dos métodos tradicionais para uma pedagogia mais dinâmica com o uso de ferramentas tecnológicas.
  • Protagonismo: As atividades proporcionam o protagonismo dos alunos com o uso de ferramentas tecnológicas.

Entrevistamos o professor que ganhou a categoria “Prêmio Geekie” de 2016, Fernando Rosario de Sousa, do Colégio Internacional Emece. Confira!

“A Geekie é realmente parceira do professor”

O professor Fernando é professor da rede particular no Colégio Emece há 20 anos. É formado em História pela USP e também em Educação Física, pela Universidade Camilo Castelo Branco. Tem especialização em Programação Neurolinguística e mestrado em Saúde Coletiva.

Ano passado, Fernando ganhou o “Prêmio Geekie” com seu projeto “Desenvolvendo o potencial dos canais preferenciais de aprendizagem em plataformas de estudo digitais: caso Geekie”.

O educador trabalhou com o 9º ano a plataforma Geekie em suas aulas de História. O objetivo era verificar como pessoas com canais de aprendizado diferentes (auditivo, cinestésico e visual) aprendem em plataformas digitais.

A primeira etapa foi estabelecer qual era o canal preferencial de cada aluno. Fernando tinha como hipótese que pessoas visuais e auditivas se desenvolvem melhor em plataformas digitais do que pessoas cinestésicas.

Como resultado, foi percebido que visuais, auditivos e cinestésicos tiveram performances semelhantes no uso da plataforma. O auditivo desenvolveu-se melhor com os vídeos da plataforma, o visual preferia imagens e textos e o cinestésico gostava dos exercícios e da mobilidade de usar o Geekie Lab no celular.

Fernando destaca que “utilizar a Geekie no 9º ano dispensou os alunos de uma fase de treinamento da plataforma ao chegar no Ensino Médio”. Ou seja, esses estudantes chegaram ao 1º ano do Ensino Médio alfabetizados digitalmente, com “fluência digital”, como diz Marcelo Freitas do Grupo Weducation.

O professor Fernando é um exemplo de alto engajamento com a Geekie: o educador participou de alguns testes e ajudou a desenvolver a funcionalidade tarefa de casa e o aplicativo para celular do Geekie Lab.

“Minha visão mudou quando vi que vocês chamam os professores para conversar. Várias das sugestões que os educadores deram estão sendo praticadas. A Geekie é realmente parceira do professor.”

Esse ano, iremos apoiar novamente o Prêmio Weducation! Você, professor da rede, poderá se inscrever na categoria “Prêmio Geekie” no link gg.gg/transformadores. As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de novembro.

SHARE

Participe do Prêmio Weducation – Educadores Transformadores 2017!