Geekie em Pauta

Geekie participa do Fórum Econômico Mundial, no México

Aberta nesta quarta-feira em Riviera Maya, no México, a 10.ª edição da regional latina do Fórum Econômico Mundial tem um sabor especial para quem acredita que a educação no Brasil pode ser melhor. Pela primeira vez uma empresa dedicada a aplicar a tecnologia no ensino, a Geekie, vai representar o País no encontro. Os sócios-fundadores da startup, Claudio Sassaki e Eduardo Bontempo, receberão nesta quinta-feira o Prêmio Empreendedor Social 2015, reconhecimento ao trabalho de 31 representantes de 25 organizações que desenvolveram soluções pioneiras para desafios sociais e ambientais em 45 países.

Participam do megaevento 7 presidentes da República, 11 ministros de Estado de 11 países, mais de 700 homens de negócios, boa parte deles representantes do alto escalão de multinacionais, formadores de opinião e empreendedores sociais. Além da educação e de temas ambientais e sociais, a agenda do fórum vai se concentrar em temas mais tradicionalmente ligados à comunidade de negócios, como investimentos em infraestrutura ou as oportunidades e desafios da economia. O evento serve de preparação para o encontro global do Fórum Econômico Mundial, que será realizado em Tianjin, na China, em setembro, do qual os brasileiros também participarão.

“É muito relevante que o Brasil tenha sido escolhido com uma iniciativa que usa bases de dados e algoritmos para melhorar a educação, algo que normalmente é associado ao Primeiro Mundo”, disse Sassaki, que participou hoje de um debate sobre o papel das empresas familiares na inovação em educação.

“Empreendedores sociais são visionários, mas também pessoas realistas, preocupadas acima de tudo com a implementação prática de soluções escaláveis”, disse Hilde Schwab, co-fundadora e presidente da fundação. “Representam uma comunidade integral e dinâmica do Fórum Econômico Mundial.”





New Call-to-action



3 Comments