Colunas

8 dicas para potencializar (ou começar) a estratégia de imprensa da sua escola

Por Laís Rocha, analista de marketing na Geekie
lais.rocha@geekie.com.br

Durante o café da manhã você abre o jornal e lá está uma notícia sobre sua escola. Bem pouco tempo atrás, essa situação era privilégio de poucos e grandes grupos escolares. Ou dor de cabeça, afinal, uma crise também sempre rendeu notícia.

Hoje o cenário é outro: essa notícia poderia estar em um site ou um canal online e ser apresentada na forma de um texto, um vídeo, um infográfico. Também seria difícil você se sentir surpreendido pela publicação: o mais provável é que o jornalista tivesse entrado em contato com você para pedir informações, ou ainda, que você mesmo tivesse sugerido a notícia para ele.

A internet e o avanço da tecnologia trouxeram a descentralização e a diversificação da informação e as redações, cada vez mais enxutas, têm se aproximado mais dos assessores de imprensa para o desenvolvimento de pautas. Hoje, estar preparado para a exposição na mídia é uma possibilidade e uma necessidade para muitas escolas. Ter um relacionamento próximo com jornalistas e uma estratégia de imprensa bem definida é importante para assegurar a reputação de sua escola em uma eventual crise, mas principalmente para fortalecer essa reputação ao longo do tempo dando visibilidade ao trabalho pedagógico realizado e contribuindo para atração de mais alunos.

Com base em nossa experiência com os dois lados as escolas e a imprensa , listamos abaixo oito dicas para ajudar você a estreitar seu relacionamento com os jornalistas e garantir a exposição da sua escola na mídia:

  1.     PLANEJE

Planejamentos são ferramentas comuns no ambiente escolar e devem ser transportados para a esfera da comunicação também. Algumas das perguntas que seu plano deve responder são: “qual é o posicionamento que queremos que nossas aparições na imprensa reforcem?”; “quais são as mensagens-chave que precisarei divulgar para construir este posicionamento?”; “qual é o perfil das pessoas que quero que recebam estas notícias?”; “quais são os canais que se comunicam com estas pessoas?” e “quem são os jornalistas responsáveis por estes canais?”.

  1.    ENVOLVA A ESCOLA COMO UM TODO

É muito difícil conseguir estar por dentro de todos os detalhes do dia a dia da escola, mas muitas vezes é aí que mora uma história que pode render notícia. Compartilhe com o time de professores e funcionários a estratégia de imprensa da escola e peça para que fiquem atentos a projetos, histórias e iniciativas pedagógicas que tenham potencial de aparição na mídia. Veja alguns exemplos de notícias sobre iniciativas escolares em alta e que contribuem para a visibilidade das escolas: tecnologia educacional; alimentação saudável; educação financeira.

  1.    CRIE OPORTUNIDADES

Participar de prêmios, bancos de pauta e escrever para blogs são uma ótima forma de criar uma oportunidade de exposição, especialmente se essas iniciativas forem promovidas por veículos consolidados na mídia (o que amplia o seu alcance). Boas oportunidades para você aproveitar são o Educador nota 10 da Nova Escola,  o Diário de Inovações do Porvir, os Blogs dos Colégios hospedados no Estadão e o banco de pauta da Nova Escola. O Infogeekie também está recrutando colunistas! Candidate-se escrevendo para ana.prado@geekie.com.br

  1.    OFEREÇA CONTEÚDO RELEVANTE

Nem sempre uma iniciativa que foi considerada sucesso na escola é o suficiente para conseguir garantir um espaço na mídia. Para manter um bom relacionamento com a imprensa, é importante abordá-la apenas em momentos relevantes segundo um olhar jornalístico. Pergunte-se sempre: será que a história ou iniciativa em questão só é interessante para os envolvidos ou realmente interessa a um público que vai além? Uma boa estratégia é, além disso, oferecer personagens, fontes e dados para complementar e embasar sua sugestão de pauta.

  1.       BUSQUE PARCERIAS

Relacionamento é a matéria-prima de uma estratégia de imprensa, seja com jornalistas ou com parcerias estratégicas. As escolas, cada vez mais, concentram um grande número de parceiros educacionais, como o sistema de ensino, o curso de inglês, a tecnologia educacional. Busque conhecer os responsáveis por imprensa desses parceiros e manter um contato próximo. Vocês podem elaborar uma estratégia ganha-ganha em que somam forças. Nós aqui da Geekie estamos de portas abertas para um bate-papo e iríamos adorar receber sugestões de personagens e projetos relacionados às nossas soluções. Nosso contato é imprensa@geekie.com.br.

  1.       CONHEÇA AS ESTRATÉGIAS

Disparar sua notícia para toda sua base de contatos pode não ser a melhor estratégia. Outras formas de abordar a imprensa têm se mostrado mais efetivas. Oferecer a matéria com exclusividade para um jornalista, por exemplo, é uma boa opção para notícias robustas com o objetivo de transmitir um posicionamento claro. Releases enviados para uma grande base de jornalistas são mais apropriados para notícias que trazem alguma informação de serviço público como abertura de matrículas, um evento aberto etc. Outra opção é oferecer um artigo redigido por um especialista. Neste caso, mesmo tratando-se de um texto opinativo é importante ilustrá-lo com dados. Veja aqui um exemplo de artigo do Eduardo Bontempo, co-fudador da Geekie, para a Folha de São Paulo.

  1.    CONHEÇA OS VEÍCULOS

É importante conhecer o perfil dos jornalistas, a linha editorial de cada veículo e todas suas particularidades. Emplacar um notícia depende de oferecer a notícia certa para o jornalista certo. Outro ponto importante é que de forma geral, quanto maior o veículo, menor a visibilidade que sua escola terá dentro da matéria, pois ele buscará outras fontes e personagens para compor a notícia junto com você. Por isso, algumas vezes pode ser mais estratégico aparecer no jornal do bairro (focado em seu público) do que até mesmo no Jornal Nacional! Veículos de televisão aberta também tendem a omitir o nome de empresas privadas, então é importante que você elabore outras formas de dar visibilidade para a escola na matéria, como por exemplo, garantindo que os entrevistados estejam uniformizados.

  1.    AMPLIE O ALCANCE

Você fez toda a lição de casa e conseguiu posicionar sua escola para todo mundo que estava assistindo ao jornal do horário nobre. Poderia ser melhor? SIM! Vale aproveitar que hoje a maioria das notícias ganham uma versão online e explorar o link em outros canais próprios, para aumentar e qualificar seu alcance. Outra estratégia que vai muito bem para o Facebook e Instagram é fotografar os “bastidores” da entrevista. Veja só um exemplo da Geekie em parceria com o Colégio Mater Dei, registrando os bastidores de uma entrevista para o The Guardian, o 2º maior jornal do mundo.

Esperamos que as dicas tenham sido úteis. Nós aqui da Geekie estamos à disposição de nossos parceiros para ajudar neste tema e para responder suas dúvidas. Vamos juntos ajudar a posicionar a escola do futuro, agora!

 

Laís Rocha é Relações Públicas na Geekie e contribuiu para a visibilidade da empresa em importantes veículos como Bom dia Brasil, Jornal da Globo, Revista Exame, Valor Econômico, Folha de São Paulo e a Revista internacional Wired. lais.rocha@geekie.com.br

5 Comments

  1. 21 de dezembro de 2015 at 14:21 — Responder

    […] Listamos dicas de estratégia de imprensa para ajudar você a estreitar seu relacionamento com os jornalistas e garantir a exposição da sua escola na mídia.  […]

    • 22 de março de 2017 at 04:09 — Responder

      Don’t look now, but Bob McGinn just released his Packer report cards on jsonline and completely ripped apart the defense, mostly Neal for being &#her0;wo2t8l2ss” and Hawk for being “just another guy” and the worst contract Ted Thompson ever offered. I guess that makes him a Viking/Bear fan.

  2. 22 de maio de 2016 at 02:25 — Responder

    Voce ja reparou que, quando esta cansado, uma bebida pode lhe acertar como se fosse tres? Ha um certo numero de fatores que contribuem para esse efeito. Para comecar, quando estamos cansados, e mais dificil pensar claramente. Os sintomas do cansaco podem se manifestar de forma semelhante a embriaguez. Adicionar alcool real a equacao so amplifica esse efeito.

    • 22 de março de 2017 at 03:42 — Responder

      I really appreciate this post. I have been looking everywhere for this! Thank goodness I found it on Bing. You have made my day! Thanks agni8&#a230;It always amazes me how blog writers for example your self can find the time as well as the dedication to carry on writing exceptional blog posts. Your site isgreat and one of my ought to read weblogs. I just needed to thank you….

  3. 22 de março de 2017 at 03:12 — Responder

    Se tu foses de esquerda, os meninos do governo já te tinham empadeirado pa.Sê leal e querente com aquilo que defendes,pois tanto dás uma no cravo ,como uma na ferIrduaa.rsso fazem os bloquistas , e os xuas pah…pois se calhar andas por ai..triste.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *