Geekie em PautaNotícias

Um caminho para democratizar a educação de qualidade

Em 2016, Geekie Games apoiou mais de 4,5 milhões de sonhos. Confira o impacto da iniciativa

A Geekie nasceu com a missão de oferecer aprendizagem personalizada para todos e cada um e,  até hoje, este é o objetivo que impulsiona nossa equipe. Para chegarmos lá, apostamos em tecnologia! Enquanto, para alguns, ela é encarada como um artigo de luxo, para nós, a tecnologia é uma poderosa ferramenta na democratização do ensino. É nesse sentido que 2016 ficará marcado na trajetória da Geekie como um ano especial: o ano em que conseguimos garantir a estudantes de 99,8% dos municípios brasileiros uma Educação de qualidade e gratuita.

Nos últimos 10 meses, mais de de 4,5 milhões de estudantes acessaram o Geekie Games, nossa plataforma de estudos personalizados focada na preparação para o Enem e vestibulares. Esse número corresponde a 57% do total de candidatos no Enem 2016. O alcance foi impulsionado pela participação da plataforma no programa Hora do Enem, uma realização do Ministério da Educação (MEC) em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI) que, entre outras iniciativas, ofereceu acesso gratuito ao Geekie Games para todos os alunos do último ano do Ensino Médio. Além de quatro grandes simulados ao longo do ano, o sistema reuniu exercícios, videoaulas e planos de estudos personalizados.

Os simulados estiveram entre as funcionalidades que mais encantaram os estudantes: ao longo de todo o ano, mais de 2 milhões de avaliações foram concluídas. A última das 4 provas foi a mais completa e contou com 180 questões, divididas em dois dias – exatamente como no Enem. Todos os alunos que fizeram a prova ainda puderam, de imediato, conferir seu desempenho com um ranking montado entre os alunos que buscavam a mesma instituição de ensino e o mesmo curso. Além disso, também tiveram a oportunidade de comparar a nota obtida com a nota de corte da universidade e do curso de preferência.

Uma das participantes da última prova foi a estudante Amanda Morais, que mora na zona rural de Ivaiporã, município a 383,8 km de Curitiba. Ela tem 17 anos e, em 2016, concluiu o  3º ano do Ensino Médio em uma escola pública. Amanda utilizou o Geekie Games como um reforço para o que aprendia na escola: “Eu utilizei a plataforma desde o primeiro simulado. Meus pais não tinham condições de me colocar em um cursinho pré-vestibular. As videoaulas eram curtas, e muito boas em conteúdo. Deu para aprender bastante coisa”, afirmou.

Os números comprovam a massificação do acesso. Um levantamento feito pelo Geekie Games com uma amostra de 143 mil usuários revelou que 57% do grupo estava ou trabalhando ou em busca de emprego, percentual distinto do que se costuma ver nos cursinhos pré-vestibular. Mais: o tempo de estudo na plataforma dos mais de 4,5 milhões que participaram da Hora do Enem é superior ao destinado a redes sociais como Facebook, Twitter ou Instagram, de acordo com uma comparação feita entre dados obtidos pelo Geekie Games e pela empresa SimilarWeb.

Melhoria pra quem mais precisa

Entretanto, foi a análise de impacto atestada pela consultoria METAS Sociais que revelou os dados mais significativos quanto ao aumento de aprendizagem: no público geral, o avanço para o uso total dos recursos do aplicativo trouxe um adicional de 72 pontos na comparação entre as notas de início e fim de ano. Essa pontuação é similar à diferença histórica entre o desempenho médio dos alunos de escolas particulares e públicas.

Além disso, estudantes que conciliaram trabalho e estudos no Geekie Games tiveram, ao longo do ano, um ganho médio 32% maior em suas notas nos simulados se comparados aos alunos que não trabalhavam, observando em ambos o mesmo perfil de engajamento na plataforma. “Os resultados deixam claro que os grupos que mais se beneficiaram do aprendizado personalizado são aqueles que pertencem aos grupos socioeconômicos mais desfavorecidos. São jovens que, como consequência da falta de acesso a uma educação de qualidade ou por terem que dividir o tempo de estudos com o tempo de trabalho, acumularam mais deficiências de aprendizado. Mais do que um portal com aulas e com experiências completas de simulados, o diferencial do programa foi apresentar aos estudantes um plano personalizado de estudos. É um bônus ao qual muitos estudantes nunca haviam tido acesso”, explicou o diretor executivo do Geekie Games, Wolney Mello.

O impacto pode ser mensurado não somente em números, mas também em histórias! Confira um compilado dos recados de agradecimentos que recebemos dos estudantes em nosso mural:

Aprovados nos vestibulares
Desde 2013, contribuímos para a realização dos sonhos de milhões de estudantes. Em 2017, apesar da não continuidade do programa Hora do Enem, o Geekie Games continua trabalhando por sua missão: na versão gratuita da plataforma, qualquer interessado pode ter acesso às videoaulas e simulados. Já em sua versão completa, comercializada a um custo até 50 vezes mais barato que os cursinhos mais acessíveis, o Geekie Games oferece planos de estudos personalizados e relatórios de desempenho.

Que venham mais 4,5 milhões de sonhos. Estaremos aqui para apoiá-los!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *