Infográficos

Bagunça e tarefas burocráticas tomam tempo do professor brasileiro

Segundo a OCDE, apenas 67% do tempo do professor brasileiro é gasto, efetivamente, em aulas. O resto se divide em conter a bagunça… E realizar tarefas operacionais ou burocráticas. Como mudar isso?

Uma pesquisa da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) revelou dados preocupantes – mas não surpreendentes – sobre o tempo do professor no Brasil: ele tende a gastar 22% mais horas em tarefas fora da sala de aula do que seus colegas de profissão nos outros países analisados. Países como Estados Unidos, Chile, México, Suécia, Noruega, Japão e Dinamarca participaram do levantamento, em 2015, e os educadores ouvidos foram do Ensino Fundamental e Médio.

Por meio desse olhar atento, foi possível delinear bem claramente a rotina dos educadores por aqui. Se dividíssemos o tempo do professor brasileiro em fatias, ele tomaria a seguinte forma: 20% para acalmar a bagunça dos estudantes, 13% para cumprir atividades burocráticas e operacionais e, enfim, 67% para as aulas propriamente ditas.

O que seriam essas “atividades burocráticas e operacionais”? Você já deve ter imaginado: elaborar e corrigir exercícios e provas, preencher listas e tabelas, elaborar e revisar o planejamento, calcular notas, redigir relatórios e mensagens aos pais… A lista continua, como bem sabe quem acompanha a rotina escolar.

Tecnologia que otimiza o tempo do professor

Os resultados de todo esse trabalho burocrático são importantes – afinal, é preciso levar material de qualidade aos estudantes e, em seguida, olhar atentamente para seu desempenho, certo? É através de momentos de reflexão sobre os resultados que o educador se torna capaz de orientar suas práticas pedagógicas para melhor atender às necessidades da turma.

Entretanto, e se fosse possível acessar essas informações e realizar todo o trabalho intelectual, sem perder horas de trabalho mecânico? Assim, o professor teria mais tempo e energia para dispensar a outras funções, desde momentos de lazer, formação e cultura, até oportunidades de elaborar aulas mais criativas, dinâmicas e personalizadas!

A tecnologia é a grande aliada nesse cenário: plataformas como o Geekie Lab otimizam o tempo do professor para que ele não só engaje seus alunos no processo de aprendizagem, como dedique suas horas de trabalho ao que realmente importa. O Geekie Lab conta com ferramentas como a indicação de aulas e a Tarefa de Casa, com as quais ele seleciona vídeos e exercícios, agenda datas de entrega, acompanha a performance dos estudantes em tempo real e analisa dados detalhados quanto ao índice de erros e acertos por turma, aluno ou questão.

Quer saber mais? Confira o infográfico abaixo ou clique aqui para testar uma turma gratuitamente.

Geekie Lab e o tempo do professor

Gostou? Estes conteúdos também vão te interessar:

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *