Colunas

Planejamento estratégico: por que definir oportunidades e fraquezas da escola

Planejar é o primeiro passo para realizar um trabalho bem sucedido em qualquer área, mas um planejamento estratégico requer, primeiramente, ter em mente quais são os nossos grandes objetivos e propósitos dentro da nossa função na escola. Ou seja, ao estabelecer os nossos grandes objetivos, precisamos pensar no nosso trabalho a curto, médio e longo prazo, para que tenhamos um planejamento com visão de futuro e mais efetivo.

Tendo delimitado os nossos objetivos futuros, devemos atribuir os valores que nortearão as ações em vista dos objetivos estabelecidos – tais como criatividade, inteligência emocional, diálogo, comprometimento, tolerância e responsabilidade. Feito isso, é preciso fazer uma análise da situação atual em que o trabalho se encontra, o que será o ponto de partida para pensar nas ações futuras.

Planejamento estratégico com matriz SWOT

Planejamento estratégico com SWOT 2
Exemplo de Matriz SWOT, usada para analisar o ponto de partida de um planejamento estratégico.

Uma ferramenta que sugerimos para isso é a matriz SWOT, que nos permite levantar as nossas forças e oportunidades, assim como nossas fraquezas e ameaças. E, por último, é necessário pensar nas parcerias e nas fontes inspiradoras que ajudarão a chegar lá.

Esse processo de planejar estrategicamente faz com que o professor se sinta um profissional da educação capaz de planejar as suas ações e, de forma mais ampla, a sua carreira, reconhecendo-se como parte de um todo na estrutura escolar, ou seja, como parte de uma obra. Segundo Mario Sergio Cortella, em seu livro Qual é a tua obra?, “a ideia de trabalho como castigo precisa ser substituída pelo conceito de realizar uma obra. (p. 17)”. É necessário, portanto, que o profissional se veja naquilo que faz, tendo a consciência de que a sua função na escola, independentemente de qual for, é muito importante para compor a obra. Deixamos aqui este livro, uma das nossas fontes inspiradoras, como sugestão de leitura.

Após definir os objetivos, levantar os valores, analisar a situação presente e pensar nas parcerias e fontes inspiradoras para atingir esses objetivos, chegou a hora de planejar as ações propriamente ditas! Tendo em vista a descrição das nossas funções na escola, é importante pensar em uma ação para cada uma de nossas atribuições, a fim de atender todas as demandas da escola. Fazendo isso, otimizamos tempo e recurso humano, pois trabalharemos com um objetivo claro e assertivo, o que aumentará, e muito, o nosso sucesso.

Quem se beneficia do planejamento estratégico?

O melhor de tudo é que este tipo de planejamento pode ser feito individualmente ou no coletivo: por um professor, uma equipe de gestão, em um setor da escola ou, finalmente, por um diretor pensando a sua escola. Além disso, o planejamento estratégico facilita, e muito, o acompanhamento das atividades do dia a dia de toda a comunidade escolar, o que é imprescindível para que todo o planejamento dê certo.

Planejar estrategicamente a nossa obra é, no final das contas, torná-la mais humana, pois pressupõe se autoavaliar e atribuir valores ao que fazemos. Este tipo reflexão com certeza enriquece muito a nossa prática educacional, uma vez que, neste processo, conhecemos melhor a nós mesmo enquanto profissionais para atender as necessidades da escola.

Neste artigo, nós falamos sobre como o planejamento estratégico pode promover a inovação no ambiente escolar e facilitar todos os processos e seu acompanhamento. No nosso próximo artigo, falaremos sobre como o pensamento visual pode contribuir para o planejamento e organização das práticas docentes, saindo do contexto da gestão escolar para a sala de aula.

* Elisangela Goulart e Vanessa Giron são colunistas do InfoGeekie. Elisangela é professora e geógrafa de formação, com MBA em educação cognitiva. Professora desde 2010 e Orientadora Educacional desde 2015 no Centro Estadual de Educação Tecnológica “Paula Souza”. Utiliza o Design Thinking e o Pensamento Visual nas suas práticas educacionais desde 2015. Entre em contato: emottagoulart@gmail.com

* Vanessa Giron é formada em Letras, português e grego clássico, e mestre em Letras Clássicas pela USP. Professora desde 2011 e Coordenadora de Ensino Médio desde 2015, no Centro Estadual de Educação Tecnológica “Paula Souza”. Utiliza o Design Thinking e o Pensamento Visual nas suas práticas educacionais desde 2015. Entre em contato: profvanessagiron@gmail.com

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *