Geekie em Pauta

Parceria garante correções de redação a usuários da Geekie

A redação foi o grande bicho-papão do último Enem: mais de meio milhão de candidatos tirou nota zero na prova.

O dado torna ainda mais oportuna a parceria fechada com a startup Redação Nota 1000 que vai garantir aos usuários da plataforma da Geekie acesso a laudos com nota uniformizada, desempenho nas cinco competências cobradas no Enem, indicação de pontos fortes e fracos e sugestões para reescrita.

Pela parceria, os estudantes terão até duas correções gratuitas de redações. Mas eles poderão comprar créditos para avaliações adicionais. Até porque, segundo o engenheiro Clayton Dick, criador da startup, escrever bem é questão de prática. “Pela nossa experiência, ter dez redações corrigidas permite uma melhora de cerca de 250 pontos (numa escala que vai até 1000) na nota, com casos de evolução de 400 pontos”, diz. “Mesmo quem tem lacunas graves pode, em um tempo relativamente curto, desenvolver o que precisa.”

O Redação Nota 1000 alia uma plataforma online a uma rede de cerca de cem professores. O aluno recebe um laudo com detalhes da correção e tem acesso no site a uma área de acompanhamento na qual vê as notas que tirou em cada uma das cinco competências do Enem e um mapeamento dos pontos que precisa trabalhar. “É o painel de controle dele”, diz Clayton.

A plataforma foi calibrada a partir de correções feitas por um grupo inicial de professores com experiência no Enem e em outros vestibulares. Com esse trabalho foi possível criar parâmetros, conferindo pontuações e pesos para cada um dos 15 critérios de avaliação adotados pela Redação Nota 1000, que permitem ao aluno entender como seu texto foi corrigido. “À medida que o professor faz a avaliação, o sistema vai sugerindo notas para ele, com base no histórico de correções”, diz Clayton.

Laudo da correção do Redação Nota 1000
Laudo da correção do Redação Nota 1000

Os 15 critérios são um desdobramento das competências cobradas no Enem. Na competência domínio da Língua Portuguesa, por exemplo, um dos desdobramentos, ou quesitos, é pontuação. A quinta competência, algo que só o Enem tem, é a proposta de intervenção, que prevê que o candidato apresente uma proposta para intervir no tema apresentado. Nesse caso, um dos quesitos definidos na plataforma é a originalidade.

“Os alunos têm uma dificuldade grande de aceitar que enfrentam problemas com a redação. Todo mundo acha que escreve mais ou menos bem”, diz Clayton. “Eles têm medo de olhar no espelho da redação. Com o distanciamento da plataforma e o nível de detalhamento da correção, vão saber a verdade sobre seu texto.”

Lançada há um ano, a Redação Nota 1000 trabalhou em 2014 com 2 mil alunos em 14 escolas. Para as escolas, a startup fornece diagnósticos detalhados da classe, o que pode ser usado pelo professor para direcionar os estudos, além de livrá-lo da obrigação de corrigir um grande número de trabalhos.

“A plataforma é uma ferramenta para o professor em sala de aula. Ele pode focar em conteúdos mais relevantes e trabalhar com uma produção maior dos alunos”, diz Clayton. “Normalmente, o ciclo proposta da redação-produção-avaliação textual e devolutiva pode levar mais de 20 dias. Com a plataforma esse prazo cai para 2, 3 dias.”





New Call-to-action



3 Comments