Geekie em Pauta

O Futuro dos Professores na Sala de Aula

Em uma entrevista ao vivo no Facebook para o portal de notícias Voz de América, Claudio Sassaki, cofundador da plataforma Geekie, fala sobre o futuro dos professores na sala de aula e como a tecnologia educacional da Geekie pode apoiá-los nessa mudança. Confira aqui.

A ideia de criar a Geekie surgiu quando Claudio Sassaki e Eduardo Bontempo perceberam a desigualdade nas escolas brasileiras. Na entrevista, Sassaki comenta que cerca de 85% dos jovens brasileiros estão em escolas públicas e cerca de metade não termina a escola, seja por falta de interesse ou por precisar trabalhar para sustentar a família. E os alunos que terminam de fato o Ensino Médio saem dele com um nível muito baixo de português e matemática.

Por isso, quando os fundadores da Geekie perceberam que era possível mudar esse panorama e personalizar o processo de aprendizagem através da tecnologia em larga escala e com custos muito baixos, eles se lançaram a este desafio. Mas, com a tecnologia invadindo a escola, como fica o papel do professor na aprendizagem de seus alunos?

Inteligência artificial e o futuro dos professores na sala de aula

Quando perguntado sobre o futuro dos professores na sala de aula, Sassaki responde:

“O trabalho de estabelecer uma conexão emocional com cada menino e menina e ajudá-los a criar perseverança para superar um desafio, isso é um papel que é fundamental e que, mesmo com a inteligência artificial, não é possível que a máquina o faça. Por isso, precisamos do ser humano, do professor.

Assim, a Geekie não tem como foco substituir o professor e sim fazer as tarefas mais mecânicas, fornecer dados concretos e identificar lacunas de aprendizagem para que o professor possa “focar neste trabalho mais personalizado”, de acordo com Sassaki.

Claudio finaliza: “onde existam alunos que poderíamos ajudar, é lá que a Geekie deveria estar”.

Confira na íntegra a entrevista, em espanhol, abaixo.

Você também pode gostar disso…

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *