Cases

Mais de 9 mil alunos em Rondônia tiveram a oportunidade de fazer seu primeiro simulado no modelo ENEM

Em setembro de 2017, em uma parceria com a Secretaria de Educação de Rondônia e o movimento “Rondônia pela Educação”, a Geekie aplicou o Geekie Teste, ferramenta de avaliação externa, para mais de 144 escolas do estado. Confira mais detalhes desse case de sucesso!

Em Rondônia, foi criado há 2 anos atrás um movimento chamado “Rondônia pela Educação”, que reúne diversas entidades de vários setores com o objetivo de melhorar a educação do estado. Ele é liderado pela Federação das Indústrias e o Sindicato de Escolas e Faculdades também participa.

Em setembro desse ano, o movimento Rondônia pela Educação, em parceria com a Secretaria da Educação, aplicou o Geekie Teste, ferramenta de avaliação externa que auxilia a tomada de decisões pedagógicas e na eficiência do ensino, gerando informações sobre o desenvolvimento cognitivo de cada aluno. Augusto Pellucio, um dos apoiadores do projeto, conta que “a ideia foi aplicar no estado inteiro o Geekie Teste para ter um panorama por área e por escola mais detalhado. Assim, conseguiríamos aproveitar todos os benefícios que a avaliação traz para a análise pedagógica”.

Augusto conta que alguns alunos passaram por desafios, mas nada abalou esses estudantes: “tivemos casos de alunos que se locomoveram mais de 100 quilômetros e tiveram que dormir em uma escola para fazer a primeira aplicação da prova”. Eles estavam muito motivados para realizar o primeiro simulado no modelo ENEM da vida deles.

A prova foi aplicada em dois dias, simulando uma situação bastante parecida com o ENEM. Foram 144 escolas participando do Geekie Teste, totalizando 12.302 alunos. Desses, 9.121 alunos realizaram pelo menos uma das provas.

“Logo após o simulado, nós fizemos um aulão online, evidenciando os principais erros na prova e dando dicas pro alunos.” – Augusto Pellucio

Já durante os meses de novembro e dezembro, o movimento fez uma apresentação de dados e resultados para a Secretaria. “Também foram propostos planos de intervenção pedagógica para envolver os gestores de ensino a fim de melhorar os resultados de cada cidade e cada escola”, fala Augusto.

Mas o projeto ainda não terminou. Augusto conta que ainda haverá um grande encontro de gestores do estado. Cerca de 100 pessoas irão até Porto Velho, Rondônia, para receber a devolutiva do Geekie Teste. “De modo geral, percebemos uma satisfação muito grande de todos eles”, fala Augusto.

Além disso, como mais um benefício para os estudantes que realizaram o Geekie Teste, as faculdades que apoiaram os projetos estão oferecendo bolsas de estudo para os alunos de acordo com suas notas na avaliação.

Leia mais: