Categories: Notícias

Geekie: o caminho para impactar 5 milhões de estudantes

Até 2016, as plataformas da Geekie já alcançaram 5 milhões de estudantes de todo o Brasil. Assista ao vídeo e conheça nossa história!

A Geekie surgiu a partir de uma premissa simples: dois alunos não aprendem da mesma forma; sendo assim, por que nosso sistema atual ainda tende a padronizar o ensino oferecido a centenas de jovens? Isso foi em 2011, quando Claudio Sassaki e Eduardo Bontempo, cofundadores da Geekie, optaram por abandonar o mercado financeiro para construir uma empresa de tecnologia para educação. Ao invés da rotina de banco, eles se dedicaram à criação de plataformas de aprendizagem personalizada – as mesmas que, hoje, alcançam 5 milhões de estudantes de todo o Brasil.

Como negócio social, a Geekie evoluiu nos últimos 5 anos em busca das melhores formas de levar educação de qualidade a quem mais precisa: jovens de baixa renda em escolas públicas. “Sabíamos que, trabalhando com educação, se não nos desafiássemos a chegar em quem mais precisa, estaríamos, na realidade, agravando a desigualdade social”, explica Sassaki. Assista ao vídeo e conheça um pouco da nossa história:

O primeiro passo em direção a esse objetivo foi o modelo One Pay One Freeque marcou a entrada da Geekie no mercado: para cada escola particular que adquirisse a plataforma, a mesma solução era oferecida gratuitamente para uma escola da rede pública com baixos resultados no Ideb.

Com o tempo, outras instituições mostraram interesse em apoiar a educação levando a Geekie até alunos de Ensino Fundamental II e Ensino Médio pelo país. Em 2012, a Geekie passou a ser usada nas 10 escolas que compuseram os Ginásios Experimentais Cariocas, no Rio de Janeiro, em um projeto de sucesso; entre 2009 e 2013, o desempenho dos alunos cresceu 154% no Ideb devido à implementação de uma educação integral e tecnológica, mais próxima da realidade dos adolescentes. No ano seguinte, 24 Secretarias Estaduais de Educação (Seducs) aderiram ao Geekie Games, tornando o portal disponível a mais de 3 milhões de estudantes. Ao todo, foram 8 grandes iniciativas na área pública – confira todas aqui, em um infográfico.

A mais recente e de maior impacto foi o programa Hora do Enem, lançado no início de 2016 pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e Roquette Pinto. A Geekie foi escolhida como plataforma oficial de simulados, exercícios e videoaulas de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio e, com isso, atingiu o marco de 5 milhões de estudantes – desses, 2,2 milhões são alunos do último ano do Ensino Médio, que puderam acessar um plano de estudos personalizado gratuitamente.

Saiba mais: A Hora do Enem e a democratização da educação de qualidade

A Geekie se tornou a primeira e única plataforma de aprendizagem adaptativa credenciada pelo Ministério da Educação, pertencendo ao Guia de Tecnologias Educacionais do MEC, que identifica soluções tecnológicas capazes de melhorar a qualidade do ensino público brasileiro. Em 2013, a plataforma também já fora incluída no Banco de Propostas Inovadoras em Avaliação Básica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP).

Conheça as plataformas da Geekie

Ao longo desses 5 anos, a Geekie desenvolveu soluções para atender às necessidades de gestores, coordenadores, professores e alunos, que deram origem a 3 plataformas:

Geekie Lab

O Geekie Lab, tecnologia educacional usada dentro das escolas, utiliza dados e algoritmos para identificar lacunas na aprendizagem dos alunos e traçar um plano de estudos personalizado. Ao mesmo tempo, professores acessam relatórios em que podem monitorar a evolução individual ou de turma. Através do Geekie Lab, o educador pode indicar vídeos, resumos e exercícios na plataforma que se adequem ao seu plano de aulas, ou ainda elaborar e enviar tarefas de casa de forma otimizada; assim, têm informações concretas e mais tempo hábil para planejar intervenções pedagógicas.

Ebook: 9 estratégias pedagógicas com as plataformas da Geekie

Geekie Teste

O Geekie Teste oferece opções de avaliação para que a escola possa escolher aquela mais de adequa ao seu contexto e aos seus objetivos. Os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio têm as opções de realizar a prova online ou presencialmente, garantindo uma experiência completa de prova que os prepara para os exames nacionais. Além disso, a avaliação externa da Geekie é elaborada de acordo com a Teoria de Resposta ao Item e tem cada questão calibrada e psicometricamente balanceada de acordo com a régua de avaliação do Enem e Saeb – por isso, é capaz de estimar as notas reais dos alunos e da instituição de ensino, com base nos anos anteriores. Fazendo uso dos relatórios gerados, gestores e coordenadores comparam o desempenho de cada aluno, de turmas, da escola ou mesmo de toda uma rede de ensino: uma fotografia completa para auxiliar na tomada de decisões.

Leia mais: Da Teoria Clássica à Teoria de Resposta ao Item: Diferenças e vantagens

Geekie Games

Por meio do Hora do ENEM, o Geekie Games se consolidou como a plataforma brasileira oficial de preparação para o Enem. Disponível para Web e Android, o aplicativo permite que os alunos selecionem a faculdade e curso que desejam cursar, quanto tempo pretendem estudar diariamente e, através de simulados e exercícios diagnósticos, traça um plano de estudos para que ele atinja seu objetivo. A solução também utiliza o modelo de TRI, que permite uma estimativa bastante precisa de quanto o candidato tirará na prova. A diferença entre Geekie Lab é Geekie Games é que o Games é voltado exclusivamente para o estudante, sem oferecer a interface e relatórios para o acompanhamento do educador.

Cases de sucesso: Conheça a história do Manoel

Marcela Lorenzoni

Share
Published by
Marcela Lorenzoni
Tags: Geekievídeos

Recent Posts

Geekie na mídia sobre fake news: como as escolas podem lidar com esse perigo?

Nos últimos tempos, a difusão de fake news, assim como outros desafios provindos de uma evolução acelerada da tecnologia têm…

10 horas ago

Jogando por uma educação significativa

Como jogar a favor de uma educação significativa aos estudantes? Confira abaixo, no novo artigo de Carolina Brant, como estratégias podem…

6 dias ago

Casos reais de como as metodologias ativas estão apoiando as escolas

Você certamente já deve ter ouvido falar sobre metodologias ativas. Mas você sabe de fato por que devemos aplicar essas…

1 semana ago

De que forma podemos cultivar a resiliência emocional em educadores?

Em seu novo artigo, Paula Gonçalves comenta como educadores podem desenvolver e cultivar uma resiliência emocional, por meio de habilidades…

2 semanas ago

Existe matemática em um CPF? Veja como trabalhar o tema em sala

Neste artigo, Fabio Aparecido explica como ensinou a sua turma de matemática a decifrar o algoritmo do CPF, por meio…

4 semanas ago

A Geekie está na mídia! Confira o que foi destaque

Desde o seu lançamento, em 2011, a Geekie vem sendo assunto em diversos veículos de imprensa. Reunimos, neste artigo, os…

4 semanas ago