Geekie em Pauta

CEO da Geekie vai a Harvard falar sobre desafios de empreender na educação

Claudio Sassaki, CEO da Geekie, participou da Brazil Conference 2016 na Universidade de Harvard para falar sobre os desafios de empreender na educação. Confira a história completa no portal da Endeavor.

Nos dias 22 e 23 de Abril , tive a oportunidade de participar da Brazil Conference 2016, evento realizado em Boston, pela Universidade Harvard e o Massachusetts Institute of Technology (MIT). O evento tinha como proposta discutir o futuro do Brasil e seu papel no mundo, então, era coerente que o empreendedorismo ganhasse grande espaço na discussão.

Geekie em Harvard: Claudio Sassaki fala sobre empreender na educação
“A história da Geekie não é receita de bolo, mas acreditamos que pode ser inspiração”, Claudio Sassaki, CEO da Geekie, na Brazil Conference 2016.

No palco encontravam-se nomes relevantes desse contexto, como Jorge Paulo Lemann e Abílio Diniz; na platéia, uma geração seduzida pela proposta do evento: “encontrar caminhos e promover ações que solucionassem os problemas mais urgentes do país e que o impedem de atingir uma posição de destaque no cenário global.”

O debate foi organizado em torno de quatro eixos: “melhorar a vida das pessoas”; “identificar o papel do Brasil na agenda internacional”; “construir as instituições de base para esse desenvolvimento” e “inovação, criatividade e tecnologia para transformar a realidade da população”. Nenhuma dessas questões permite uma única resposta. Por isso, mais do que apresentar a Geekie, fui pra lá com a missão de representar o empreendedorismo social. A história que contei em meu painel, portanto, não é receita de bolo, mas acreditamos que pode ser inspiração.

O desafio da Geekie é democratizar a educação de qualidade

Empreendemos a Geekie com o objetivo de contribuir para a resposta de um desafio público: democratizar a educação de qualidade. Se admitimos que duas pessoas não aprendem do mesmo jeito, então por que acreditamos que é suficiente ensinarmos todos da mesma forma? É desse questionamento que surge a ideia para a criação de nossas plataformas de ensino personalizado, que, em muitos casos, já tem sido um diferencial para um aluno de Ensino Médio entrar ou não na universidade – uma instituição que apenas na última década começou a se popularizar no país.

Gostou do depoimento de Claudio Sassaki? Continue lendo o artigo aqui.

SHARE

CEO da Geekie vai a Harvard falar sobre desafios de empreender na educação